Wa Project.

Comportamento: Como se portar no mundo corporativo?

Como qualquer outro ambiente, o local de trabalho tem as suas próprias regras e costumes, e é preciso que todo profissional saiba como se portar no mundo corporativo para não cometer gafes ou criar conflitos. Quem quer crescer profissionalmente e construir uma carreira sólida precisa ter muito mais do que conhecimentos técnicos e experiência. Também é essencial cuidar da própria imagem, estabelecer relacionamentos saudáveis e saber como se apresentar diante de colegas, superiores, clientes e oportunidades. Afinal, o mundo corporativo é, basicamente, política e cultura. A partir dessas premissas, separamos para você algumas dicas de como se portar no mundo corporativo, ideias simples, mas eficientes, que vão ajudar você a crescer e se solidificar na carreira. Confira! Leia também: 4 Dicas para Avaliar um Software ainda em Desenvolvimento

Saber se comunicar é o primeiro passo!

Muitos profissionais menos experientes acabam por criar problemas para si mesmos, limitando as oportunidades profissionais e comprometendo a própria imagem, por não saber como se comunicar, ou por cometer indiscrições no ambiente de trabalho e nas redes sociais presenciais e online. Ser bem-sucedido profissionalmente passa pelo desenvolvimento das habilidades de comunicação, e isso implica, claro, em se apresentar de forma profissional e falar corretamente, criando familiaridade, aumentando a relevância das suas ideias e maximizando o seu poder de persuasão. Uma comunicação eficiente, porém, vai muito além disso. É preciso demonstrar sabedoria e moderação ao falar. Isso parece óbvio, mas parece que é difícil para muitos profissionais entender que falar demais, fazer piadas impróprias ou se envolver em fofocas de escritório pode causar desgaste ou até mesmo problemas mais sérios, como demissão por justa causa.

Respeite o seu local de trabalho

Além da comunicação inteligente, se portar no mundo corporativo exige que o comportamento do profissional seja calcado pela ética e pelo respeito, tanto pela instituição que o acolheu, quanto pelas outras pessoas. Profissionais que se envolvem em condutas impróprias ou que colaboram para um ambiente tóxico podem ser responsabilizados por isso ou ter suas vidas profissionais encurtadas significativamente. Nos dois últimos anos vimos dezenas de casos em que célebres profissionais da mídia e do mundo corporativo tiveram enormes prejuízos financeiros e profissionais por causa de atitudes antiéticas ou criminosas, seja em situações claramente ligadas ao seu trabalho ou conduzidas indiretamente através das relações de poder. Dessa forma, fica claro que é essencial para o sucesso no mundo corporativo que cada atitude e interação sejam feitos em conformidade com os mais altos padrões éticos, respeitando as pessoas e zelando pelo bom nome da organização.

Ajuste o seu posicionamento

O mundo corporativo valoriza boas ideias e iniciativa, mas é preciso saber quando e como se manifestar. É fato que todos nós temos opiniões e podemos contribuir em uma reunião ou brainstorming, mas um posicionamento feito da forma errada ou que contrarie os princípios da organização a que o profissional pertence pode ser bastante problemática. Em outras palavras, tome cuidado ao se manifestar. Existem empresas que são abertas e democráticas, enquanto outras podem ser mais restritivas. Assim, pense com cuidado antes de declarar um posicionamento político ou uma opinião que cause divergência com a direção da empresa. Se não concorda com o posicionamento da sua organização sobre algum ponto e quiser exercer a sua liberdade de expressão de forma plena, talvez seja melhor procurar uma empresa mais alinhada com o seu modo de pensar do que se desgastar e se queimar no mercado. Gostou do artigo? Se inscreva em nossa newsletter e receba mais dicas como essa.